Contato: 21 3496 7856.

24 jun 2015

Deixe seu time desconfortável, não deixe seu time com medo.

/

Você sabe a diferença entre desconforto e medo?

O desconforto incentiva a criatividade, abrindo nossa mente para o novo, enquanto o medo bloqueia-nos para baixo em modo de sobrevivência.

No processo de criação de uma startup mudar a estratégia inicial, pivotar, traçar novos rumos à medida que o processo de descoberta vai se configurando são situações bem comuns. Mas como fazer isso sem causar medo no seu time? Ou melhor, como utilizar esse momento de mudança para criar desconforto e abrir a mente do seu time para o novo rumo da empresa? Algumas coisas são muito importantes nesse processo para manter o seu time focado no resultado final e motivado:

  • Mudanças no plano estratégico devem estar atreladas a resultados e indicadores. Esse ponto está muito relacionado a dois aspectos importantes de um empreendedor: foco e disciplina. Qualquer mudança na sua estratégia inicial deve estar atrelada à métricas, indicadores. Por mais que o “feeling” do empreendedor ajude muito na escolha de qual caminho seguir, você deve se certificar, por meio de métricas e indicadores, que a mudança de rumo não está somente baseada no seu achismo. Já vi algumas empresas, grandes e pequenas, em momentos difíceis “atirarem” para todos os lados, tomar decisões desesperadas e perderem o foco.
  • Mantenha os líderes com você. Se você não está mais sozinho na sua startup, já possui sócios ou funcionários, você precisa trazer os líderes da empresa para esse processo de decisão de mudança de estratégia. Já vi muitos líderes, excelentes líderes em diversos aspectos, perderem a confiança de membros importantes do time por não compartilhar mudanças estratégicas. Quando você deixa de fazer isso é provável que pessoas importantes do seu time, que apostam tanto quanto você neste projeto, fiquem desmotivadas. Você pode aumentar as chances de criar uma estratégia melhor compartilhando com pessoas chaves o cenário geral em que a empresa se encontra, e construindo com elas possíveis alternativas.
  • Não deixe que a mudança vire barganha de poder. Essa é uma questão bem particular de startups maiores e de como alguns “líderes” reagem a mudança. Já acompanhei e participei de alguns processos de mudança de estratégia, e um clássico de empresas um pouco maiores é a barganha de poder por meio de “inside information”. Alguns “líderes” não sabem lidar com o poder atrelado a esse tipo de informação e acabam por contaminar o processo de mudança. O ato de usar uma informação privilegiada para se colocar numa posição de poder geralmente gera paralisia naqueles que não estão a par do processo. Se você não quer que o seu time paralize no processo de mudança, corte pela raiz esse tipo de comportamento e lembre-se que cabe ao CEO comunicar e determinar quando e como a comunicação será feita ao time todo, incluindo investidores, mentores e parceiros.
  • Preocupe-se com o lado humano do processo. Um bom time tem na diversidade do modo de pensar e reagir às diferentes situações uma força. Pessoas não são máquinas e você como líder não deve esperar que todas tenham a mesma reação. Ao mesmo tempo, não é possível você criar uma história para cada pessoa. Se você decidiu por mudar a estratégia, mude. Mas tenha em mente que você enfrentará diferentes reações por parte do seu time, algumas pessoas não se adaptarão a este novo cenário (e tudo bem elas deixarem de fazer parte do seu time), algumas pessoas deixarão de ser tão importante para o seu time (se não há como aproveitá-las, demita) e outras continuarão você.
  • Nova estratégia e suas respectivas metas. Novo plano, novas metas e novos responsáveis. Para qualquer estratégia que você venha adotar não deixe de:
    • entender o que deu errado na estratégia anterior (aprenda com os próprios erros e você estará passos a frente no caminho do sucesso).
    • definir: qual é o novo objetivo da empresa? Por que você ainda existe? Qual valor vocês entregam para o mercado e para qual mercado?
    • definir quais resultados vocês esperam alcançar nesse novo cenário.

E por último, mas não menos importante: EXECUTE! Execute rápido e monitore os resultados!

Comentários

INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Tenha acesso a todo conteúdo gratuito da 21212 Academy